23 de jun de 2011

Sei que quando eu olhar para o céu
Não verei teu rosto desenhado nas nuvens
Sei também que muito provavelmente, não sonharei contigo
E não terei coragem de dizer-lhe o que sinto
Então sigo meus dias de forma inútil
Tentando aconchegar-me num sorriso
Sentindo ciúmes de quando te abraçam,
Pois mesmo que por um segundo
Meu mundo está todo nos braços de outra pessoa
Mas todas às vezes que meu olhar encontra o seu
Eu o desvio rapidamente
Pois uma vez me disseram que a verdade está nos olhos de quem vê
A verdade está nos meus olhos,
Agora só falta você ver!

Nenhum comentário:

Postar um comentário