4 de jul de 2011

Leve as memórias embora

Aqui estou sentindo sua falta
Nesse mundo que me mata por dentro
Meu rosto muda quando penso em você
Assim como tudo que acredito
Quando você se foi,
Fez parecer que nada era verdade
Então, por favor, leve minhas memórias embora
Eu não preciso mais delas
Pois elas me fazem lembrar o que você era pra mim
Leve as memórias embora
Pois eu não preciso que você continue assombrando minha mente
Eu tento me encontrar
No sorriso que você havia deixado em mim
Todas as flores estão murchas desde que você se foi
E em minha mente ainda existe fragmentos do que você, supostamente, sentia por mim
E agora eu só te peço que leve as memórias embora
Eu não quero continuar vendo o que você era pra mim
Pois meu mundo ainda parece ser você em minhas memórias
Leve-as embora
Pare de me assombrar e, de uma vez por todas...
Saia da minha mente!

2 comentários:

  1. Vc consegue "tons" dramáticos, os quais envolvem e prendem o leitor.
    Rica em detalhes, sua poesia faz jus a que veio, atingindo o que deve ser atingido com graça e mistério.
    Parabéns minha irmã!!!

    ResponderExcluir
  2. Bibi, dificil acreditar que uma garota de 14 anos apenas tenha tanta sensibilidade e sentimento. Me pergunto, como será o futuro?
    Parabens!!!

    ResponderExcluir